Posts com Tag ‘violência’

A TV e o cinema ensinam às crianças o que é socialmente aceitável em termos de comportamento e elas repetem isso no ambiente escolar ou nos momentos de lazer, diz uma pesquisa do Centre on Media and Child Health, de Harvard. Cartoons, reality shows e até mesmo os políticos influenciam o aprendizado das crianças sobre relacionamento social e estão podem explicar episódios de assédio e agressão (bullying).

O estudo denuncia a violência na mídia, apresentada de maneira glamorizada, excitante e inconsequente. “Se um jovem cresceu com a mídia sendo a primeira fonte de informação sobre violência, então é fácil entender porque nos preocupamos com o fato de que ser agressivo na escola é algo que na visão dele trará muitos resultados positivos”, analisa o pediatra David Bickham. Reality shows como o Big Brother criam ambientes de bullying, onde integrantes do grupo são isolados e excluídos pelos outros. Estariam ensinando o “vamos nos unir contra fulano e atormentá-lo”, comenta Alison Wotherspoon, criadora do site Bullying No Way. Mesmo não sendo programas para crianças, os reality shows acabam sendo assistidos por elas.

A pesquisadora Sarah Coyne realizou um estudo na Inglaterra sobre os realities shows. A conclusão foi que esse tipo de programa é mais violento que os outros. Em apenas uma hora, eles chegam a exibir 52 atos de violência contra 33 de outras atrações.

A pesquisa avaliou 120 horas dos cinco realities mais assistidos no país (inclusive os americanos). A estudiosa considerou em sua pesquisa também a violência verbal e gestual. O campeão foi “O aprendiz” com 82 atos.

Fonte: Folha de S. Paulo