Posts com Tag ‘primeira’

al-quaraouiyine-mosque-and-university-in-fes-stefan-cristian-cioataSabe qual a universidade mais antiga do mundo? Bolonha na Itália? Salamanca na Espanha? Oxford na Inglaterra? Não, respectivamente foram fundadas em 1088, 1134 e 1096. Em 859 enquanto a Europa se arrastava para fora da Idade das Trevas, em Marrocos era fundava a primeira universidade em pela Era de Ouro do Islã, que ensinava ciência, matemática e filosofia.

A instituição de ensino mais antiga do mundo ainda em atividade e a primeira a conceder diplomas universitários foi a Universidade al Quaraouiyine, localizada entre um labirinto de vielas estreitas na cidade de Fez. Tanto é que foi reconhecida tanto pela Unesco quanto pelo Guinness Book.

Agora, pasme! O que mais me fascinou foi o fato dessa universidade ter sido fundada por uma mulher. Mesmo que tenham sido relegadas pela história a um papel secundário, quando não inexistente, as mulheres sempre tiveram papel preponderante para a evolução da sociedade. Vamos aos fatos.

Fátima al-Fihri, era filha de um importante mercador e pertencia a uma família xiita que emigrou da Tunísia para Fez no século IX. Profundamente devota ao islamismo, a jovem recebeu um alto nível de educação. Quando o pai morreu legou a filha uma enorme fortuna e ao invés de ela sair esbanjando o dinheiro, como qualquer uma faria, mandou construir uma mesquita para a comunidade. E nela instalou-se a primeira madraça, casa de estudos islâmicos, de que se tem notícia.

O local foi ampliando as suas atividades e além do ensino religioso passou a oferecer aulas de linguística e caligrafia árabe, legislação islâmica, política, matemática, química, medicina, astronomia, ciências naturais, música e sufismo e se tornou um conceituado centro educacional e de pesquisa científica. Ao reunir os melhores professores da época, começou a atrair estudantes de várias partes do mundo, inclusive filhos de importantes mercadores e sultões — dando origem a um concorrido sistema de admissão que vigora até hoje.

Outro destaque é que a universidade abriga a biblioteca mais antiga ainda em atividade no mundo e conta com acervo de mais de 4 mil manuscritos – alguns raros, como o Alcorão do século IX, e inúmeras obras gregas e romanas traduzidas e preservadas. Na Europa, por exemplo, as bibliotecas universitárias só iriam surgir, logicamente, com o advento das universidades por volta do século XI. De toda forma, esse foi um acontecimento maravilhoso e um marco para história do livro e da sociedade, pois aumentou a procura por manuscritos e socializou o seu acesso, antes restrito a ordens religiosas e nobre em suas bibliotecas particulares.

Enfim, Fátima foi a percursora e mecenas da educação. Só fiquei desolada pois embora Quaraouiyine tenha sido uma das únicas universidades do mundo estabelecida por uma mulher, só recentemente estudantes do sexo feminino começaram a instruir-se nela em números significativos. Infelizmente em Marrocos, quase uma a cada duas mulheres é analfabeta. Em áreas rurais, onde nove em cada dez mulheres não sabem ler ou escrever, a escola faz pouco sentido econômico.

Anúncios