Posts com Tag ‘dúvidas’

Em apenas dois meses, a A H1N1, também conhecida como gripe suína, provocou a morte de 577 pessoas no país. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde e demonstram que o Brasil ultrapassou os Estados Unidos (522), a Argentina, com 439 óbitos, entre os países que divulgam sistematicamente estes dados.

Já foram realizados 8.500 exames para a detecção da gripe, sendo que 5.767 (67,7%) com resultado positivo. Dos 3.970 casos suspeitos notificados na última semana, 15% tiveram exame laboratorial concluído: 273 confirmados para H1N1, 33 para a gripe sazonal e 295 descartados.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, a gripe suína já matou 1.799 pessoas em todo o mundo, principalmente no continente americano, desde o seu aparecimento. A entidade declarou a primeira pandemia de gripe do século 21 no dia 11 de junho. No total, 170 países já confirmaram casos. O OMS afirma também que todos os países deverão redobrar os cuidados, pois deverá haver uma segunda onda da gripe, em abril de 2010.

Sintomas

A gripe suína é uma doença respiratória causada pelo vírus influenza A, chamado de H1N1. Ele é transmitido de pessoa para pessoa e tem sintomas semelhantes aos da gripe comum, com febre superior a 38ºC, tosse, dor de cabeça intensa, dores musculares e nas articulações, irritação dos olhos e fluxo nasal.

Para diagnosticar a infecção, uma amostra respiratória precisa ser coletada nos quatro ou cinco primeiros dias da doença, quando a pessoa infectada espalha o vírus, e examinada em laboratório.

Os antigripais Tamiflu e Relenza, já utilizados contra a gripe aviária, são eficazes contra o vírus H1N1, segundo testes laboratoriais, e parecem ter dado resultado prático, de acordo com o CDC.

Sobre as Gripes

Não é de hoje que a gripe, dentre as doenças que se alastram pelos continentes, ameaça solapar a saúde da humanidade.

No fim da Primeira Grande Guerra Mundial, 1918, a gripe que ficou conhecida como “gripe espanhola” matou aproximadamente 20 milhões de pessoas em quase todos os cantos do mundo, mais do que a própria guerra. Foi uma pandemia que tomou conta de quase o mundo todo.

A gripe é causada pelo vírus influenza. Há diversos tipos diferentes deste vírus. A, B, C, são os três principais grupos e todos causam a gripe.

Estudos aprofundados identificaram o vírus do grupo A como o maior causador das pandemias, e é sabido que este grupo tem subgrupos (A0, A1 e A2).

Deve ser sabido que o vírus é um agente infeccioso existente na fronteira entre o inanimado, com estrutura de cristal, e o animado com estrutura próxima às bactérias ricketsias, com capacidade de reprodução quando parasitando uma célula.

Na gripe suína, o vírus além de ter aprendido a passar do animal para o ser humano, progrediu, transmitindo-se de humano para humano. O vírus só está querendo perpetuar a sua espécie.

O Dr. Dr. Edvaldo Tavares, esclare algumas dúvidas sobre a gripe:

1.- Quanto tempo dura vivo o vírus suíno numa maçaneta ou superfície lisa?
Até 10 horas.

2. – Quão útil é o álcool em gel para limpar-se as mãos? 
Torna o vírus inativo e o mata.

3.- Qual é a forma de contágio mais eficiente deste vírus?
A via aérea não é a mais efetiva para a transmissão do vírus, o fator mais importante para que se instale o vírus é a umidade, (mucosa do nariz, boca e olhos) o vírus não voa e não alcança mais de um metro de distancia.

4.- É fácil contagiar-se em aviões?
Não, é um meio pouco propício para ser contagiado.

5.- Como posso evitar contagiar-me?
Não passar as mãos no rosto, olhos, nariz e boca. Não estar com gente doente. Lavar as mãos mais de 10 vezes por dia.

6.- Qual é o período de incubação do vírus? 
Em média de 5 a 7 dias e os sintomas aparecem quase imediatamente.

7.- Quando se deve começar a tomar o remédio?
Dentro das 72 horas os prognósticos são muito bons, a melhora é de 100%

8.- De que forma o vírus entra no corpo?
Por contato ao dar a mão ou beijar-se no rosto e pelo nariz, boca e olhos.

9.- O vírus é mortal?
Não, o que ocasiona a morte é a complicação da doença causada pelo vírus, que é a pneumonia.

10.- Que riscos têm os familiares de pessoas que faleceram?
Podem ser portadores e formar uma rede de transmissão.

11.- A água de tanques ou caixas de água transmite o vírus?
Não porque contém químicos e está clorada

12.- O que faz o vírus quando provoca a morte?
Uma série de reações como deficiência respiratória, a pneumonia severa é o que ocasiona a morte.

13.- Quando se inicia o contagio, antes dos sintomas ou até que se apresentem?
Desde que se tem o vírus, antes dos sintomas..

14.- Qual é a probabilidade de recair com a mesma doença?
De 0%, porque fica-se imune ao vírus suíno..

15.- Onde encontra-se o vírus no ambiente?
Quando uma pessoa portadora espirra ou tosse, o virus pode ficar nas superfícies lisas como maçanetas, dinheiro, papel, documentos, sempre que houver umidade. Já que não será esterilizado o ambiente se recomenda extremar a higiene das mãos.

17.- O vírus ataca mais às pessoas asmáticas?
Sim, são pacientes mais suscetíveis, mas ao tratar-se de um novo germe todos somos igualmente suscetíveis.

18.- Qual é a população que está atacando este vírus?
De 20 a 50 anos de idade.

19.- É útil a máscara para cobrir a boca?
Existem alguns de maior qualidade que outros, mas se você não está doente é pior, porque os vírus pelo seu tamanho o atravessam como se este não existisse e ao usar a máscara, cria-se na zona entre o nariz e a boca um microclima úmido próprio ao desenvolvimento viral: mas se você já está infectado use-o para não infectar aos demais, apesar de que é relativamente eficaz.

20.- Posso fazer exercício ao ar livre?
Sim, o vírus não anda no ar nem tem asas.

21.- Serve para algo tomar Vitamina C?
Não serve para nada para prevenir o contagio deste vírus, mas ajuda a resistir seu ataque.

22.- Quem está a salvo desta doença ou quem é menos suscetível?
A salvo não esta ninguém, o que ajuda é a higiene dentro de lar, escritórios, utensílios e não ir a lugares públicos.

23.- O virus se move?
Não, o vírus não tem nem patas nem asas, a pessoa é quem o coloca dentro do organismo.

24.- Os mascotes contagiam o vírus?
Este vírus não, provavelmente contagiem outro tipo de vírus.

25.- Se vou ao velório de alguém que morreu desse vírus posso me contagiar?
Não.

26.- Qual é o risco das mulheres grávidas com este vírus?
As mulheres grávidas têm o mesmo risco mas por dois, podem tomar os antivirais mas em caso de de contagio e com estrito controle médico.

27.- O feto pode ter lesões se uma mulher grávida se contagia com este vírus?
Não sabemos que estragos possa fazer no processo, já que é um vírus novo.

28.- Posso tomar acido acetilsalicílico (aspirina)?
Não é recomendável, pode ocasionar outras doenças, a menos que você tenha prescrição por problemas coronários, nesse caso siga tomado.

29.- Serve para algo tomar antivirales antes dos síntomas?
Não serve para nada.

30.- As pessoas com AIDS, diabetes, câncer, etc., podem ter maiores complicações que uma pessoa sadia se contagiam com o vírus?
SIM.

31.- Uma gripe convencional forte pode se converter em influenza?
NAO.

32.- O que mata o vírus?
O sol, mais de 5 dias no meio ambiente, o sabão, os antivirais, álcool em gel.

33.- O que fazem nos hospitais para evitar contágios a outros doentes que não têm o vírus? O isolamento.

34.- O álcool em gel é efetivo?
SIM, muito efetivo.

35.- Se estou vacinado contra a influenza estacional sou inócuo a este vírus?
Não serve para nada, ainda não existe vacina para este vírus.

36.- Este vírus está sob controle?
Não totalmente, mas estão tomando medidas agressivas de contenção.

37.- O que significa passar de alerta 4 a alerta 5?
A fase 4 não faz as coisas diferentes da fase 5, significa que o vírus se propagou de pessoa a pessoa em mais de 2 países; e fase 6 é que se propagou em mais de 3 países.

38.- Aquele que se infectou deste vírus e se curou, fica imune?
SIM.

39.- As crianças com tosse e gripe têm influenza?
É pouco provável, pois as crianças são pouco afetadas.

40.- Medidas que as pessoas que trabalham devam tomar?
Lavar-se as mãos muitas vezes ao dia.

41.- Posso me contagiar ao ar livre?
Se há pessoas infectadas e que tussam e/ou espirrem perto pode acontecer, mas a via aérea é um meio de pouco contágio.

42.- Pode-se comer carne de porco? 
SIM, pode e não há nenhum risco de contágio.

43.- Qual é o fator determinante para saber que o vírus já está controlado?
Ainda que se controle a epidemia agora, no inverno boreal (hemisfério norte) pode voltar e ainda não haverá uma vacina.

:: Edvaldo Tavares, médico, www.raizdavida.com.br

Anúncios

Nova ortografia causa dúvidas

Publicado: 09/01/2009 por Kakao Braga em Atualidades, Educação
Tags:, ,

 O Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa entrou em vigor na quinta-feira, dia 1º, mas ainda é motivo de dúvidas até mesmo entre os especialistas. O acordo institui diversas mudanças na ortografia do português, entre elas a extinção do trema, a incorporação das letras “k”, “w” e “y” ao alfabeto e novas regras de acentuação e uso do hífen (Confira no infográfico o que muda).

O acordo é criticado por deixar margem à interpretação na decisão sobre que palavras devem ganhar ou perder hífen. O texto diz que devem perder o hífen, por exemplo, os termos compostos “em relação aos quais se perdeu, em certa medida, a noção de composição”. Como não há jeito objetivo de se dizer em que palavras a “noção de composição” se perdeu ou não, o texto ficou impreciso.

Sites oferecem corretores

Alguns sites já oferecem o serviço de corretor com a nova ortografia, mas foram prejudicados com a falta de definição em relação a algumas palavras, cuja grafia não é esclarecida pelo Acordo. Em alguns casos, mesmo nos de regras já definidas, a correção é feita de maneira errada. Ainda existem várias dúvidas, mas as respostas só virão com a publicação do novo Volp (“Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa”), que deve ocorrer no final de fevereiro ou no início de março.

O software livre BrOffice, concorrente do Microsoft Word, tem, desde julho, um corretor com download gratuito. Mas até agora foram feitas duas atualizações, pois ainda há dúvidas em torno da nova grafia –como no caso do prefixo “re” e em palavras como “subumano” ou “sub-humano”. A Porto Editora, uma das maiores de Portugal, também criou um conversor. O acesso é gratuito, mas, em um teste rápido feito pela reportagem, de três palavras em uma frase que deveriam ser convertidas, apenas duas foram trocadas. O site do empresário Edney Souza tem o conversor, mas apresenta problemas em relação ao uso do hífen. O editor de textos Word poderá ter seu corretor de português atualizado só a partir do segundo semestre.

Para quem precisar de uma resposta oficial sobre alguma dúvida de grafia, a Academia Brasileira de Letras oferece o ABL Responde, em que especialistas esclarecem dúvidas enviadas pelo site, mas não dão prazo para a resposta.

Fontes: O Globo e Folha Online

Curiosidades da Ciência

Publicado: 23/12/2008 por Kakao Braga em Atualidades, Ciência & Tecnologia
Tags:,

sabialogoQuando uma pessoa está cansada e sonolenta, o processo da respiração é, por vezes, involuntariamente suspendido por alguns momentos. O organismo reage logo, porque esta situação é perigosa, provocando uma reação semelhante a um espasmo dos músculos da boca, garaganta e peito, que desencadeia uma inspiração profunda, de modo a compensar a parada na respiração. É este fenômenos que dá origem ao comum “bocejo de sono”.

Um espirro pode atingir uma velocidade alucinante – até 160 km por hora.

Durante a gravidez o útero aumenta quinhentas vezes de tamanho.

O electroencefalograma, exame que é realizado para mostrar a atividade cerebral, foi inventado em 1929 e foi através dele que se descobriu que as ondas nervosas jamais cessam, pois o cérbro nunca descança, mesmo durante o sono.

Existem diferenças entre os cérebros de um adolescente e de um adulto em relação à produção de mielina (membrana isolante) que reveste os neurónios. Os adolescentes possuem menos mielina a revestir as células nervosas responsáveis pelas funções de reflexão e ponderação.

O corpo humano carrega cerca de 4 litros de sangue, que irrigam uma rede de 200 000 km de artérias, veias e capilares.

O sangue circula a uma velocidade de 2 km por hora.

O coração de um homem adulto é do tamanho de um pulso fechado e pesa, em média, 340 gramas. Funciona a um ritmo de 72 batidas por minuto, 104 000 por dia, 38 milhões por ano e algo em torno de 2,5 biliões de batidas ao longo de toda a vida.

Um adulto pisca os olhos 24 vezes por minuto e cada piscadela dura apenas 50 milésimos de segundo. Desta forma ficamos sem ver 1,2 segundos em cada minuto.

A cabeça tem, em média, 120 000 fios de cabelos. Cada fio vive cerca de 4 anos. Ao longo da vida, o organismo produz cerca de 3 milhões de fios de cabelo.

O cabelo cresce 15 centímetros por ano. Durante a nossa vida, cortamos cerca de 9 metros de cabelo.

Cada olho tem cerca de 200 pestanas. No entanto, elas estão em constante substituição, pois cada uma tem apenas 90 a 150 dias de vida.

Entre os dois momentos de felicidade (quando temos um sonho e quando o realizamos) há muita incerteza.

Entre os dois momentos de felicidade (quando temos um sonho e quando o realizamos) há muita incerteza.

O Dr. Jean-Louis Etienne, explorador do Pólo Norte, explica o que essas incursões nos gelos e neves lhe proporcionaram:

“Há dois grandes momentos de felicidade: quando temos um sonho e quando conseguimos concretizá-lo. Entre esse dois momentos, há uma grande dose de incerteza, uma grande vontade de desistir. Mas, temos que perseguir os sonhos até o fim. Há bicicletas abandonadas em todas as garagens porque os donos ficaram demasiado doloridos nas primeiras vezes em que a usaram. Eles não entenderam que a dor faz parte do aprendizado. Estive 1000 vezes preste a desistir, antes de atingir aquele momento de felicidade em que me esqueci do frio. Consegue-se isso na pintura ou na música, desde que se admita que, antes de podermos tocar uma sonata de Bach, temos de aprender primeiro as escalas. Só com perseverança poderemos descobrir-nos a nós próprios. Cabe a cada um de nós encontrar seu próprio Pólo.” L’Express, Paris
O relato completo sobre a aventura do Dr. Etienne está no livro: “Transantártida – A Travessia do Último Continente”, da Editora José Olympio. É um dos melhores livros sobre uma aventura na Antártica. Escrito logo após o final de uma expedição que durou seis meses, do verão de 1989 à primavera de 1990, e que percorreu 6.300 km de gelo desértico e isolamento voluntário. Jean-Louis Étienne é um dos grandes nomes da exploração moderna francesa. Médico e especialista em nutrição e biologia do esporte, participou de expedições ao Himalaia, à Groenlândia e à Patagônia. Seu maior feito foi ter se tornado, em 1986, o primeiro homem a atingir o Pólo Norte Geográfico, sozinho, sem a companhia de cães ou apoio externo.
O dr. Etiénne no Pólo Norte.O dr. Etienne no Pólo Norte.

O objetivo da expedição Transantártida foi o de alertar ao mundo sobre a riqueza da Antártica e a urgência de se proteger um dos ambientes mais puros e intocados que existe. Jean-Louis questiona o lado negativo das nações que lutam por um pedaço de terra (leia-se gelo) no único continente realmente descoberto pelo homem, em 1820, e reflete sobre a importância de se chegar a acordos diplomáticos sobre a preservação de uma área de 14 milhões de km quadrados de água doce, petróleo, gás natural e ouro.  Lembrando que todos os grandes projetos polares foram conduzidos por expedições privadas, as únicas que se dão direito a correr riscos, a Transantártida chegou onde intencionava: a travessia integral de um continente gigantesco, uma das últimas aventuras inéditas possíveis no final do século XX.