Descoberto o gene que provoca a enxaqueca

Publicado: 08/10/2010 por Elisa em Atualidades, Ciência & Tecnologia, Saúde
Tags:,

Uma em cada cinco pessoas em todo o mundo sofre com enxaqueca. Muitas vezes, a dor de cabeça vem acompanhada de náusea e de sensibilidade à luz. Em outros, ela é precedida por um distúrbio sensorial conhecido como aura, identificado pela percepção de uma luz ou de um cheiro estranho.

Cientistas da Universidade de Oxford (Reino Unido) e uma equipe canadense identificaram um gene, chamado Tesk, que controla a sensibilidade dos nervos da dor no cérebro, após estudar o DNA de 110 pessoas que sofrem de enxaqueca e seus familiares. Os cientistas descobriram que se este gene apresentar algum defeito pode ativar esses nervos e produzir as graves dores de cabeça da enxaqueca. Os resultados da pesquisa foram divulgados na revista Nature Medicine, e esses dados devem facilitar o desenvolvimento de medicamentos para combater a doença.

A enxaqueca é uma condição clínica configurada por vários graus de dores internas na cabeça. Por vezes uma dor no pescoço ou na zona cervical é também interpretada como enxaqueca. A enxaqueca resulta da pressão exercida por vasos sanguíneos dilatados no tecido nervoso cerebral subjacente. O tratamento da enxaqueca envolve normalmente drogas vasoconstritoras para aliviar esta pressão. No entanto, esta medicamentação pode causar efeitos secundários no sistema circulatório e é desaconselhada a pessoas com problemas cardiológicos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s