Turismo de Saúde impulsiona economia mundial

Publicado: 03/08/2010 por Andrew em Saúde, Viagens & Passeios

De acordo com o Ministério do Turismo da Índia, viagem de saúde poderá gerar 40 milhões de novos empregos.

A prática de viajar para outro país ou estado para receber tratamentos médicos movimenta 60 bilhões no mundo todo. Segundo a Deloitte Center for Health Solutions, 750 mil norte-americanos viajaram por turismo de saúde em 2007. Estima-se que até 2012 o número de pacientes aumente para 1,6 milhão, o que significa um crescimento sustentável de 35% ao ano. Os EUA lideram o ranking de países que enviam pacientes para tratamentos internacionais, seguidos de Canadá, Itália, Portugal, China e Angola.

A Tailândia está na frente como o país que recebe mais pacientes internacionais, 1,2 milhão em 2007. Em 2006, só o hospital Bumrungrad atendeu 64 mil norte-americanos, aumento de 11% em relação a 2005. Em segundo lugar vem a Índia, que recebeu 450 mil pacientes internacionais e teve crescimento de 20% entre os anos de 2006 e 2007. Isso rendeu um faturamento de US$ 382 milhões para o país, número que é estimado em US$2,2 bilhões até 2012. Além da receita, o Turismo de Saúde poderá render aos indianos 40 milhões de novos empregos nos próximos anos, de acordo com o Ministério do Turismo da Índia.

Esses líderes mundiais têm total apoio e incentivo do governo, que cria estratégias de divulgação junto ao Ministério do Turismo, e contam com Medical Visas (Vistos para Viagens Médicas) para turistas que viajam à Índia para fazerem tratamentos médicos.

Mercado em forte expansão – O Brasil está intensificando suas estratégias para conquistar seu espaço neste cenário promissor. O país já é referência mundial em cirurgia plástica, tratamentos odontológicos, ortopedia, cardiologia, neurologia, reprodução humana e cirurgia bariátrica, e tem mais hospitais certificados com Acreditação internacional do que os líderes mundiais. “Precisamos estruturar melhor este mercado, fomentar novos negócios e divulgar internacionalmente nossa medicina de excelência”, afirma Mariana Palha, da Medical Travel Brasil, empresa especializada em Viagem de Saúde.

No país, são 22 instituições acreditadas pela JCI (Joint Comission International), organização não-governamental que certifica instituições médicas sob os mais rigorosos padrões de qualidade. Desse total, 13 são no Rio de Janeiro, oito em São Paulo e uma em Porto Alegre (RS). Já em Belo Horizonte, cinco hospitais receberam a certificação da ONA (Organização Nacional de Acreditação), outra entidade que também atua com certificações na área de saúde.

Além da garantia de que a instituição segue padrões internacionais de qualidade no serviço, a certificação inclui também investimentos em equipes bilíngues, adaptações de cardápios e ambientes para atender os pacientes estrangeiros com excelência.

De acordo com o Ministério do Turismo, recebemos 180 mil pessoas de outros países em busca de tratamentos médicos nos últimos três anos. Essa movimentação ainda acontece de maneira informal em território brasileiro, mas empresas como a Medical Travel Brasil, entidades de classe e o governo estão trabalhando para desenvolver o potencial deste setor. “O objetivo é formar um grupo de trabalho para expandir esse segmento no país de forma sustentada”, afirma Mariana.

Fonte: Medical Travel Brasil

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s