Prado: praias desertas no sul da Bahia

Publicado: 19/07/2010 por Andrew em Atualidades, Viagens & Passeios
Tags:, ,

Prado é uma pequena cidade, localizada a 213km de Porto Seguro em direção ao sul da Bahia. A cidade conta com casas coloridas, casarões antigos e ruas de pedra. Seus moradores tem um outra versão da história do Brasil, eles afirmam que a Barra do Cahy, que hoje pertence ao município, é o ponto geográfico onde Pedro Álvares Cabral desembarcou pela primeira vez. Em dias claros, é possível avistar o Monte Pascoal a partir dessa região, possivelmente do mesmo ângulo que os portugueses descrevem na conhecida carta de Pero Vaz de Caminha.

A igreja Matriz branca e azul no centro da praça principal é ponto de encontro dos pradenses que, durante os finais de semana, ficam de portas e janelas abertas observando o movimento nas ruas e as crianças brincando. Localizada na Costa das Baleias, Prado tem 84 km de praias tranqüilas, algumas quase desertas, e é cortada por três rios: o Corumbau, Cahy e Jucuruçu.

Não deixe de visitar a Ponta do Corumbau, a última praia em direção ao norte do Estado e uma das mais belas da região. As falésias avermelhadas de 30m de altura da Praia da Paixão atraem os mais aventureiros pois permitem vôos de parapente sobre o mar.

Outra praia bastante famosa na região é Cumuruxatiba, apelidada de “Cumuru” por alguns. De lá, partem passeios de barco para avistar baleias jubarte que, nos meses de junho a novembro, dão show na costa baiana. De Cumuru e de Prado partem embarcações para os recifes de Guaratiba e Timbebas e, de Caravelas, para o Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, que também é considerado o segundo melhor lugar de água salgada para praticar mergulho com cilindro.

Os passeios de barco pelo rio Jucuruçu até o encontro com o mar são uma alternativa quando as condições do mar não estão boas. Na volta, o turista pode conhecer uma parte do mangue vermelho e ver as espécies de caranguejo que habitam a região.

A gastronomia que mistura pratos e temperos tipicamente baianos e elementos de cozinha internacional é um dos principais chamativos de Prado. No mês de outubro, quando acontece o festival gastronômico da cidade, restaurantes e lanchonetes preparam um novo prato para o evento, que pode ser adicionado ao cardápio, caso seja bem aceito. O Beco das Garrafas, como é conhecido o charmoso conjunto de ruas de pedra onde não entra carro, é palco da boemia da cidade.

Depois que o aeroporto de Caravelas, a 51 km, foi fechado, a alternativa mais próxima para quem vêm de avião é o aeroporto de Porto Seguro. A maioria dos turistas costuma vir de carro.

Fonte: UOL Viagem

Anúncios
comentários
  1. jose milton da silva disse:

    Estive em prado, conheci curumuxatiba e corumbau.para descreve-los so indo la.simplesmente, maravilhos.paraiso

  2. Antonio disse:

    Esta afirmação sobre Prado não é verdade, pois há tempos atrás era um lugar tranquilo. Agora é muito tumultuado e está parecendo um subúrbio de qualquer grande cidade, carros de som barulhentos, motos malucas correndo pelas ruas. Afinal o nordeste brasileiro é um local típico de motos e motobolhas babacas andando em alta velocidade e fazendo das praias sua passarela de ostentação. Afinal ostentação é próprio das comunidades que outrora eram chamados de favelas.

  3. Kakao disse:

    Oi Antonio, agradecemos o seu comentário. A matéria é de 2010, portanto é de quatro anos atrás. Muita coisa mudou em quatro anos, né? O seu comentário é uma prova disso. Obrigada. Abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s