Especialistas alertam que pequenas mudanças podem tornar o estilo de vida da população mais saudável

Publicado: 11/05/2010 por Kakao Braga em Atualidades, Psicologia & Comportamento, Saúde

97% da população se preocupa com a saúde.

Uma pesquisa recente realizada em parceria pela Unilever e CO.R comprovou que homens e mulheres de 35 a 55 anos, tem predisposição para cuidar do coração. Para esse estudo, foram consultados especialistas da área da saúde: psicanalistas, antropólogos, nutricionistas, cardiologistas e personal trainners.

A primeira constatação foi que existem dois tipos de coração: o funcional (que provoca medo e por conseqüência rejeição) e o emocional (que é capaz de mobilizar). Ocidentais consideram que a função do coração é apenas bombear o sangue pelo organismo, desconsiderando o aspecto emocional e sua representação simbólica, ligada à vida, ao desejo e ao amor. Com isso, a associação que a maioria das pessoas faz quando o tema é saúde do coração, são as doenças graves, e até morte. “O inconsciente faz com que as pessoas neguem o “pior”, no caso do coração trata-se da doença cardiovascular e, em casos extremos até a morte. Assim, adiam o cuidado evitando qualquer tipo de atitude preventiva”, relata a psicanalista Dra. Madalena Becker de Lima.

Além disso, pensar no coração para a maioria da população é algo muito distante, chegando a ser um pensamento não tangível enquanto jovem. Dessa maneira, o cuidado com o coração passa a ser uma atividade sempre protelada ao seu máximo. Isso é claramente refletido na expressão de uma das entrevistadas. “Pensar no coração (órgão) é imaginar que ele pode parar, e se ele parar eu morri! Não quero pensar nisso agora, sou muito nova!”. Diante dessa constatação fica claro, que o cuidado com o coração normalmente surge a partir de um motivador externo como, por exemplo, problemas de saúde na família.

Foi diagnosticado ainda que a maior parte dos entrevistados pensam na saúde de forma compensatória. “A população tende a pensar na saúde como uma conta corrente. Se hoje fazem exercício, amanhã acreditam que tem créditos excedentes e por isso se permitem comer um chocolate, por exemplo”, completa Marcela Mariano diretora de marketing de uma das marcas da Unilever.

Exercícios físicos incluídos na rotina ajudam a melhorar a qualidade de vida.

Esse cenário pode ser explicado porque mesmo ao se mostrar “preocupado” com a saúde, a população se encontra cada vez mais doente. Hoje, 97% da população brasileira se preocupa com a saúde em geral, e dessa fatia, apenas 74% se preocupa com a saúde do coração, e menos de 11% toma alguma atitude frente à saúde.

“O coração é o órgão responsável pelo bom funcionamento de todos os outros, porque tem o papel de ativar a corrente sanguínea que leva energia para todas as células. Ou seja, o cuidado com o coração deve ser feito por todos, pois os problemas cardíacos não distinguem idade ou sexo”, afirma Dr. Hermes Xavier, doutor em Cardiologia pelo Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP).

Esse baixo indicie de pessoas que tomam uma atitude saudável frente ao seu coração é explicado pela percepção que eles tem com relação ao esforço necessário para a manutenção de uma vida saudável. De acordo com uma das nossas entrevistadas – “Cada dia é uma coisa, ontem não podia comer ovo e hoje ele é milagroso. São tantas informações e tantos mandamentos como, por exemplo: correr pelo menos 30 minutos por dia, não comer isso, beber mais aquilo que parece que você nunca conseguirá chegar a um resultado satisfatório.”

Foi constatado também durante a pesquisa que 80% dos entrevistados acreditam ter um estilo de vida saudável. “Os brasileiros têm consciência de que o estilo de vida que adotam hoje reflete diretamente em sua saúde futura. Mas consideram sua condição atual mais otimista do que apontam as estatísticas.” afirma Dra. Madalena.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s