Cai doação de leite materno

Publicado: 16/07/2009 por Kakao Braga em Atualidades, Saúde
Tags:,

doacao-leite-170408Durante as férias no inverno as doações de leite materno caem em média 20%. Para promover a saúde da mulher e da criança nesse período, a Secretaria Estadual de Saúde está convidando mães em período de amamentação a fazer doações a bancos de leite de São Paulo.

Só neste ano o Banco de Leite Humano do Instituto Fernandes Figueira–Fundação Oswaldo Cruz coletou no primeiro semestre deste ano 53.767 litros de leite, de 41.877 doadoras e distribui-os a 55.247 mães que não produzem leite em quantidade suficiente para alimentar seus bebês. 

Para saber onde estão localizados os postos de coleta, entre no link: www.fiocruz.br/redeblh.

Os benefícios da amamentação

amamenta2A amamentação é fundamental à saúde dos bebês. O leite materno é a primeira e principal fonte de nutrição dos recém-nascidos até que se tornem aptos a comer e digerir os alimentos sólidos. Ele contém todas as proteínas, açúcar, gordura, vitaminas e água que o seu bebé necessita para ser saudável e os protege contra alergias, infecções – especialmente diarréias e pneumonias. A UNICEF calcula que um milhão e meio de crianças morrem por ano por falta de aleitamento materno em todo o mundo.

Por esse motivo, algumas mães com excesso de leite doam parte dele aos bancos de leite. As doações servem de alimento para crianças prematuras, para aquelas que não conseguem se alimentar diretamente no seio materno, ou ainda é usado pelas mães com pouco leite.

Qualquer mulher em fase de aleitamento pode ser doadora. Ela deve apresentar os exames do pré-natal e não ser portadora dos vírus HIV e HTLV. Para colaborar, ela deve comparecer a um dos bancos de leite, são mais de 185 em todo o Brasil.

Aleitamento-2Em algumas localidades, a mãe pode recolher o leite em vidros em sua própria casa, pois existe o serviço de coleta em domicílio. O procedimento é simples. É necessário higienizar as mãos com água e sabão. As mamas devem ser lavadas somente com água. O leite é retirado manualmente ou com o auxílio da bomba elétrica. Depois, basta depositar o líquido em frascos de vidros fornecidos pelo próprio banco, pois estão esterilizados. Os postos também oferecem materiais de higiene para a coleta em casa.

Após ser coletado, o leite é pasteurizado, o que dá a garantia de deixá-lo armazenado por até seis meses. Além disso, o líquido passa por exames microbiológicos e bacteriológicos antes de ser liberado para o consumo. Todo o leite recolhido é oferecido aos bebês prematuros ou recém-nascidos de baixo peso que ainda não sugam, recém-nascidos com infecções, portadores de deficiência imunológica, portadores de alergia a proteínas e outros casos.

Fontes: Fio Cruz, Wikipédia, Leite Materno

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s