Metano explica por que atmosfera de Plutão é mais quente que a superfície

Publicado: 10/03/2009 por Andrew em Atualidades, Ciência & Tecnologia
Tags:, ,

Concepção artística de Plutão

Com o telescópio da Agência Espacial Europeia, astrônomos detectaram grandes quantidades de metano na atmosfera de Plutão, o que explica por que a atmosfera do planeta anão é bem menos fria do que sua superfície.

As novas descobertas foram possíveis graças ao espectógrafo Crires, acoplado ao telescópio da agência, equipamento que tem permitido o estudo das camadas inferiores da atmosfera do planeta anão.

Com diâmetro cerca de cinco vezes menor que o do nosso planeta, Plutão é composto basicamente de gelo e pedra. Por estar 40 vezes mais longe do Sol do que a Terra, a temperatura de sua superfície chega a – 220 ºC.

A temperatura da atmosfera, no entanto, é bem mais amena: cerca de – 180 º C. “Pela grande quantidade de metano, fica claro por que a atmosfera de Plutão é tão quente”, afirmou o autor do estudo, Emmanuel Lellouch.

As observações também indicam que o metano é o segundo gás mais comum na atmosfera de Plutão (o primeiro é o nitrogênio), representando quase metade das moléculas.

Fonte: Uol Ciência e Saúde

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s