85% da população mundial terá dor nas costas

Publicado: 02/03/2009 por Elisa em Atualidades, Saúde
Tags:, , ,

A maioria das pessoas, cerca de 85% da população, em algum momento da vida, independente da idade ou sexo, terá dor nas costas. Esta é a conclusão de uma pesquisa realizada pela Organização Mundial da Saúde – OMS. 

A dor nas costas nãoé uma doença, mas sim um sintoma. Quando aparece, significa que algo de errado está acontecendo, mesmo que não se saiba ao certo o quê. A coluna é constituída por várias estruturas: ossos, discos, ligamentos, tendões, nervos, vasos sanguíneso e outros tecidos.

A dor pode ser causada por uma série de motivos que vai desde  postura inadequada (80% dos casos), carregar muito peso e passar boa parte do tempo sentado sem fazer alongamento, exercitar-se de forma incorreta, stress excessivo ou  problemas de desgaste (artrose) . A dor nas costas é diferente de pessoa para pessoa, depende do estilo de vida e ocupação de cada um. Caso seja passageira, a dor passa em poucos dias, mas se perdurar por mais de três meses é considerada crônica.

Numa recente estudo divulgado pela Pfizer, a dor nas costas ou lombalgia é apontada como uma das campeãs (40%), só perdendo para as dores de cabeça com 81% das respostas. A dor nas costas é considerada a mais prejudicial à atividade profissional (42%) e tira o sono de 43% dos entrevistados, perdendo apenas para a cólica renal (44%). Em relação à freqüência, a dor na coluna é presença constante na vida de 80% das pessoas – empatando com os processos inflamatórios nas articulações e anexos (80%), perdendo apenas para a cólica menstrual (94%). Para 69% dos brasileiros, a dor na coluna pode ser considerada crônica, ou seja, ocorre há mais de um ano. Quando ela é desconhecida, 66% das pessoas procuram algum tipo de ajuda – destes, 40% agendam uma consulta médica. Quando a dor não é novidade, somente 35% recorrem a alguém (42% consultam um médico).

Existem vários tipos de tratamentos possíveis que vão desde os remédios, terapias, programas de exercícios, injeções, procedimentos cirúrgicos, medicina alternativa, entre outras. Por esse motivo os profissionais da saúde recomendam que todo o tratamento deve ser feito após avaliação de um médico, por meio do histórico clínico ou exames físicos, para estabelecer as causas da dor. A automedicação pode retardar o diagnóstico adequado das etiologias da dor e, às vezes, até comprometer os resultados do tratamento.

Alguns fatores aumentam as chances de dores nas costas, como:

  • Envelhecimento e perfil genético: Com a idade, há um desgaste natural das estruturas que compõe a coluna, e quem tem um histórico familiar de problemas na região deve ficar ainda mais atento.
  • Fumo: O cigarro aumenta o risco de tumores, que podem atingir a coluna, e de osteoporose, com o agravante de os discos da coluna já serem mais porosos que os outros ossos.
  • Obesidade: O excesso de peso sobrecarrega as estruturas da coluna. A cada 10 Kg de sobrepeso, há um aumento de 25% no risco de ter dor nas costas.
  • Sedentarismo: A atividade física, especialmente os exercícios relacionados ao alongamento, é fundamental para manter a saúde da região.
  • Má postura: Manter uma postura adequada em atividades diárias, como sentar ou carregar objetos pesados, diminui a sobrecarga que essas atividades podem gerar nas costas.
  • Estresse: Problemas que afetam o estado emocional, como o estresse e a depressão, atingem a postura e geram uma contratura na musculatura das costas.

Para quem tem dores nas costas, ou se enquadra num dos perfis acima, o melhor remédio pode ser fazer exercícios físicos (alongamentos, caminhadas, natação, esportes em geral) regularmente, com o acompanhamento de instrutores, além de exames médicos, quando necessários. Dessa forma, evita-se dores nas costas no futuro, ou amenizará as já existentes.

Mais sobre o assunto, na internet:
Dores nas Costas
http://www.doresnascostas.com.br
HowStuffWorks – Como Tudo Funciona Saúde > Boa Forma > Como aliviar a dor nas costas – http://saude.hsw.uol.com.br/como-aliviar-a-dor-nas-costas.htm
Site Médico – Boa Forma  – Atividade Física > Dores nas costas: sintoma ou doença? – http://www.sitemedico.com.br/sm/materias/index.php?mat=1669
Alongamentos.com > Importância do Alongamento – http://www.alongamentos.com/importancia-do-alongamento.htm

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s